O SEMINÁRIO

O seminário consta de uma exposição oral, de cerca de 50 minutos, sobre um trabalho ou texto qualquer.

Um bom seminário pode ser entendido como a exposição do texto, mas também a apresentação de uma parte inédita, onde conste a reflexão sobre o texto analisado e a exposição de novas perspectivas e opiniões a partir da exposição do texto. Outros textos podem ser utilizados para a análise do texto principal, onde as opiniões podem ser confrontadas. Recomenda-se que o seminário não exceda em muito o tempo, sob o risco de ficar enfadonho.

É muito interessante “treinar” a apresentação em casa umas três vezes com um relógio marcando o tempo. A exposição do texto, a reflexão e as novas opiniões devem estar bem distribuídas na apresentação do seminário.

Ao final do seminário, é comum abrir espaço para o público fazer perguntas. Recomenda-se ao apresentador que especule sobre as possíveis questões que o público pode fazer, com o fim de não ser surpreendido nas perguntas. Nessa hora, uma pesquisa que não tenha sido colocada na apresentação por falta de espaço pode ser valiosa.

Caso você não saiba responder a pergunta, simplesmente diga que não sabe. Não tente dissimular! Diga que a questão é interessante e pode suscitar novos seminários.

O seminarista pode lançar mão do quadro negro ou de transparências com retroprojetor. Recomenda-se, também, que um texto seja produzido para a apresentação. Não se basear apenas em tópicos ou idéias principais enumeradas! Um texto pronto sobre o tema do seminário já pode servir como trabalho escrito, já que alguns professores pedem não só a apresentação do seminário, mas também um texto escrito sobre o que você vai apresentar.

© Copyright 2003-2005 - Todos os direitos reservados - Estudo Pronto.Com